Alex da Piatã pede atenção aos governadores: “não deixemos que marginais estraguem as eleições”

O deputado estadual Alex da Piatã (PSD) mostrou preocupação com o clima de hostilidade nas redes sociais que começam a refletir nas ruas por causa da polarização eleitoral. Em publicação, o pessedista lamentou o assassinato de um filiado do PT, no Paraná, que comemorava seu aniversário com o tema Lula (PT) e foi morto por um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL). “A morte do petista Marcelo Arruda pode ser um prenúncio do clima eleitoral que viveremos, então roguemos aos nossos Governadores que não permitam que marginais extremistas estraguem às eleições, momento sublime da nossa democracia”, publicou na sua conta do Twitter no início da noite deste domingo (10). Marcelo Arruda foi morto na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. O PT divulgou nota lamentando a morte e afirmando que ela se deu por crime de ódio por um bolsonarista. Segundo nota do PT, Marcelo comemorava seu aniversário de 50 anos com familiares e amigos em uma festa na sede da Associação Esportiva Saúde Física Itaipu. O texto diz que ele foi vítima da “intolerância, do ódio e da violência política”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.