‘Em 2h choveu o equivalente a quase 3 meses’, aponta prefeitura de cidade na Bahia

Em duas horas de chuva em Itaberaba, no Piemonte do Paraguaçu, choveu o equivalente a quase três meses. Segundo a prefeitura municipal, no sábado (27) foram registrados 130 milímetros enquanto que o comum é que chova 600 m ao ano no município. Devido às precipitações, duas pessoas – uma servidora da área de educação e um pedreiro que tentou salvá-la – morreram. A chuva também deixou 44 famílias desabrigadas, 18 desalojadas (encaminhadas para casa de familiares) em um total de 103 pessoas afetadas pelo temporal. Ainda segundo a prefeitura, os desabrigados foram encaminhados para uma pousada. Os bairros mais afetados foram Campo do Governo, Alameda das Umburanas, Barro Vermelho e Brisas da Chapada. Ainda durante as chuvas, dois postes de alta tensão caíram em um trecho da BA-046. Grande parte das estradas vicinais também foram afetadas. Itaberaba tem em torno de 1,1 mil km de extensão de vias locais. Cidades próximas a Itaberaba também tiveram transtornos com as chuvas, casos de Rui Barbosa e Iaçu. Na primeira cidade choveu 80 mm no fim de semana, o que deixou 53 pessoas desabrigadas, conforme informou a prefeitura. Em Iaçu, a força das precipitações chegou a derrubar parte do muro do estádio, um portão também foi arrancado no local e um carro que estava estacionado perto da feira livre foi arrastado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.