Chorrochó: Quadrilha destrói agência bancária e faz moradores como reféns

Uma agência do Bradesco de Chorrochó, na divisa da Bahia com Pernambuco, ficou destruída após ser explodida na noite desta segunda-feira (4). Dois moradores, um homem e uma mulher, chegaram a ser feitos como reféns, sendo libertados durante fuga da quadrilha. As explosões foram percebidas a partir das 22h. No impacto das detonações, a agência ficou destruída. Algumas paredes e teto vieram abaixo. Moradores relataram pânico causado por tiros disparados pelo grupo e pelas explosões. Até o momento não foi informado se a quadrilha levou alguma quantia. Também não há relato de feridos. A agência do Bradesco atacada na noite desta terça já tinha sido alvo de outras explosões. As ações ocorreram nos anos de 2018 e 2019. O paradeiro dos assaltantes também não foi localizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *