Mulher chamada de ‘viúva negra’ é condenada por suspeita de matar namorados na Bahia

Uma mulher conhecida como “Viúva Negra” foi condenada a 21 anos de prisão em um júri popular ocorrido no Fórum de Itabuna. O julgamento ocorreu nesta terça-feira (31). Acusada de matar dois namorados envenenados em um período de oito meses, Wane Brenda Oliveira, de 34 anos, já estava presa há quatro anos. A defesa dela disse a cliente é inocente e que vai recorrer. Segundo a TV Santa Cruz, a mulher condenada foi apontada como autora de uma das mortes, a de Edvaldo Araújo Alves, de 40 anos. A vítima namorou a suspeita durante período de um ano e foi o primeiro morto. Ainda segundo informações, nos dois casos, ela socorreu as vítimas até uma unidade de saúde após o veneno fazer efeito. Edvaldo foi enterrado com suspeita de envenenamento, e um ano depois exames feitos pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) confirmaram a hipótese. A mulher também é apontada como autora do crime que vitimou Evandro Bonfim de Souza, também de 40 anos. O julgamento pela morte dele ainda não tem data para ocorrer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *