Anvisa autoriza extensão do prazo de validade da vacina da Janssen

O prazo de validade das vacinas da Janssen contra a Covid-19 e que venceriam no fim do mês foi prolongado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A Diretoria Colegiada do órgão deliberou nesta segunda-feira (14) sobre a demanda apresentada pela farmacêutica, que é um braço da Johnson e Johnson. O primeiro lote das vacinas previsto para chegar ao Brasil tinha prazo de validade até 27 de junho e as doses precisavam ser aplicadas até esta data. A informação foi divulgada na semana passada e gerou preocupação. Com a decisão desta segunda, a validade da vacina Janssen passou a ser de quatro meses e meio (4,5), sob condições de armazenamento de 2° a 8° C, que é de geladeira comum. Quando armazenada entre temperaturas de -25°C e -15° C, o imunizante possui prazo de validade de 24 meses, a partir da data de fabricação. De acordo com a Anvisa, a aprovação foi baseada em uma criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos que demonstrou que a vacina tende a se manter estável pelo período de quatro meses e meio, bem como considerou decisão da Agência Norte-americana (Food and Drug Administration – US FDA), que também aprovou a referida alteração em 10 de junho de 2021. A vacina da Janssen está autorizada para uso emergencial desde 31 de março de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *