PF faz operação em cidades da Bahia e Pernambuco para apurar divulgação de blitze em grupo de WhatsApp

Uma operação para investigar suspeitos de divulgar informações de fiscalizações de trânsito foi deflagrada nesta terça-feira (1º) pela Polícia Federal, em Juazeiro, no norte da Bahia, e na cidade de Petrolina, em Pernambuco. Na ocasião, seis mandados de busca foram cumpridos. Intitulada de “Operação Ponte Petro Jua”, a ação tem como objetivo apurar suposto crime contra a segurança ou o funcionamento de serviços de utilidade pública, através de um grupo em um aplicativo de mensagens nomeado de ”Blitz Petro e Jua”. No grupo, os participantes trocavam informações sobre as fiscalizações de trânsito que aconteciam nas cidades de Petrolina e Juazeiro. A prática é considerada ilegal e pode acarretar em pena de reclusão de um a cinco anos, além de multa. As diligências tiveram origem por meio de levantamentos realizados pela Polícia Rodoviária Federal, (PRF) que identificou os membros ativos do grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *