Salvador: Prefeitura de Mata de São João anuncia retorno de aulas presenciais na rede municipal

A prefeitura de Mata de São João, na região metropolitana de Salvador, anunciou o retorno das aulas presenciais da rede municipal de ensino para a segunda-feira (3). No total, voltarão 27 escolas e nove creches na cidade. De acordo com a prefeitura, a medida foi tomada porque os casos de contágio por Covid-19 entraram em queda no último mês, tendo o número de pacientes ativos caído em 57%, e o de pessoas em monitoramento em 71%. Em nota, a prefeitura informou ainda que toda estrutura física das escolas, assim como os profissionais, foram preparados para receberem os alunos com o máximo de segurança sanitária, e que “não tem mais sentido” deixar que os estudantes sigam prejudicados.

Protocolos

Inicialmente, os alunos serão divididos em dois turnos, para que haja uma menor quantidade de pessoas nas salas e ambientes das escolas. A prefeitura detalhou que duas escolas ainda não possuem turno integral na cidade, e por isso as aulas serão em dias alternados nessas unidades. Essas escolas são: a João Pereira, que fica na comunidade de Açuzinho, e a Áureo de Oliveira, em Malhadas. Com isso, as atividades vão acontecer nas segundas, quartas e sextas para um grupo de estudantes e às terças e quintas para outro grupo. A cada semana as turmas revezam os dias. Tanto os trabalhadores, quanto os estudantes, terão que seguir os protocolos de medidas de higiene, como distanciamento e uso obrigatório da máscara. Pias e tapetes desinfetantes também foram instalados na entrada de todas as unidades, para a higienização regular das mãos e dos calçados. A comunidade escolar também passará por aferição de temperatura na entrada.

Atividades antes da abertura

Desde o dia 22 de março, algumas escolas de Mata de São João estão abertas para oferecer atividades pedagógicas e lúdicas, por meio do programa Escola Aberta. Segundo a prefeitura, esse experiência serviu para testar a segurança dos ambientes escolares. Desde a abertura, 550 alunos e profissionais participaram de forma voluntária das atividades e nenhum deles contraiu o coronavírus, ainda conforme a prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *