Historiador tucanense conclui pesquisa sobre o sertão baiano

O historiador tucanense, André Carvalho que agora é mestre em História pela Universidade Estadual de Feira de Santana concluiu nesta quarta-feira (25) sua pesquisa: A “Caravana” Integralista em Tucano. Poder local e Integralismo no sertão baiano. (1930- 1945). De acordo com o historiador, o “Integralismo” foi um movimento de caráter fascista que teve grande atividade no sertão baiano em cidades como Serrinha, Araci, Tucano entre outras. Natural de Tucano, André Carvalho reuniu grande acervo de documentação sobre o tema, principalmente do periódico jornal local “O Serrinhense”, (acervo pessoal do senhor Edmundo Barcelar). O jornal que circulou na primeira metade do século XX, se transformou em órgão de propaganda doutrinária do Integralismo na região. A pesquisa coloca em evidência a história regional da região sisaleira e coloca Tucano na historiografia nacional, tendo em vista que o Integralismo foi um movimento que atuou em todo o país e ainda carece da análise de sua face no interior da Bahia, mesmo com trabalhos já realizados como um trabalho anterior da historiadora Amélia Saback Alves Neta: “Os verdes às portas do Sertão: Doutrina e ação política dos integralistas na Bahia (1932-1945).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *