Anvisa alerta que ivermectina não deve ser usada contra a Covid-19

Após as notícias recentes de que prefeituras pelo Brasil distribuirão o medicamento ivermectina como tratamento e até prevenção contra a Covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez o alerta de que o uso do composto não é recomendado para isso. A informação é do Uol. Em nota, a agência apontou que “não existem estudos conclusivos que comprovam o uso desse medicamento para o tratamento da covid-19”, e reforçou que “o uso de medicamentos sem orientação médica e sem provas de que realmente estão indicados para determinada doença traz uma série de riscos à saúde”. Vale lembrar que, apesar de ser um remédio para tratamento contra parasitas, a ivermectina demonstrou resultados positivos contra uma ampla gama de vírus. No entanto, essa conclusão foi feita com base em estudos in vitro, sem testes em humanos. “Os resultados encontrados in vitro não podem ser tomados como verdadeiros in vivo”, afirmou a Anvisa. Apenas um estudo segue em andamento no Brasil para a comprovar ou não eficácia do medicamento contra a covid-19, e ele só deve ser concluído em julho de 2021, sem a anuência da Anvisa. Ainda assim, cidades com Itajaí (SC) já tiveram cerca de 3 milhões de doses de ivermectina compradas pela população, após a prefeitura iniciar a distribuição. A Anvisa alerta que não existem dados “que indiquem qual seria a dose, posologia ou duração de uso adequada para impedir a contaminação ou reduzir a chance de gravidade da doença”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *