Municípios do extremo sul da Bahia têm 100% dos leitos de UTI ocupados

O aumento da taxa de contaminação da Covid-19 em municípios do extremo sul da Bahia resultou na ocupação de 100% dos leitos de UTI da região, segundo informou a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab). Na noite desta terça-feira (2), o governador do estado, Rui Costa, detalhou as medidas restritivas que vão ser realizadas na região nos próximos dias. Rui Costa explicou que a taxa de crescimento de casos da Covid-19 no extremo sul, nos últimos dias, está entre 10% e 20% por dia, distante, portanto, da média estadual de 5%. O município com maior taxa é Nova Viçosa, com 18% de aumento. O governador afirma que, durante a manhã desta terça, realizou uma reunião com prefeitos das regiões para determinar ações. Desta quarta-feira (3) à próxima terça (9), 19 cidades do extremo-sul baiano, terão toque de recolher das 18h às 5h. “Primeira medida é restringir as atividades econômicas, principalmente as que provocam aglomerações por uma semana para poder dar choque nesse crescimento. Também vamos fazer restrição que a população chama de toque de recolher, evitando aglomerações. A partir das 18h, vai estar restrita a circulação de pessoas e veículos. Objetivo é reduzir essa taxa”, disse Rui Costa. Segundo a Sesab, com a ocupação temporária de 100% dos leitos de UTI no extremo sul, os novos pacientes com coronavírus estão segundo regulados para outras regiões. As cidades incluídas no decreto de toque de recolher são: Alcobaça, Belmonte, Caravelas, Eunápolis, Guaratinga, Ibirapuã, Itabela, Itamaraju, Itanhém, Itapebi, Lajedão, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Porto Seguro, Prado, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas e Vereda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *