Governo federal gastou, até agora, 26% do orçamento para combate à pandemia

O decreto que estabeleceu o estado de calamidade pública em decorrência da pandemia do coronavírus foi aprovado em 20 de março. O reconhecimento de calamidade pública permite que o governo aumente o gasto público e descumpra a meta fiscal prevista para 2020. Desde a aprovação do decreto no Congresso Nacional, o governo tem editado uma série de medidas provisórias abrindo créditos extraordinários autorizados para o combate à Covid-19. Dados da Secretaria do Tesouro Nacional mostram que a previsão é de que sejam gastos R$ 258,5 bilhões durante a pandemia. Até quinta-feira (14/05), foram gastos R$ 67,7 bilhões (26,2 %) dos R$ 258,5 bilhões dos recursos previstos (veja tabela com todos os gastos mais abaixo). De acordo com o órgão, o ritmo de pagamento de despesas previstas no combate à pandemia respeita o processo orçamentário, “sendo natural a existência de um intervalo entre a autorização do gasto e o efetivo pagamento”. Leia mais em Metrópoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *