Segredo do homem mais velho do mundo: “sorrir e não ter raiva”

O homem mais velho do mundo, confirmado esta semana pelo Guinness World Records – o livro dos recordes – revelou ao mundo seu segredo para a longevidade. Chitetsu Watanabe, que faz 113 anos no mês que vem, ensinou: “não ficar com raiva e manter um sorriso no rosto”. E ele deu um depoimento contunde sobre sua alimentação. Chitetsu adora doces, como açúcar mascavo, mas hoje disse que gosta principalmente de cremes e recheios de creme, porque perdeu os dentes. O idoso recebeu o certificado do Guiness nesta quarta-feira, 12, no asilo onde mora em Niigata, no Japão. Watanabe fez uma faixa para comemorar a ocasião que diz “Mundo No. 1”. Ele tem 112 anos e 344 dias, segundo o Guinness. O japonês nasceu em 5 de março de 1907 e era o mais velho de oito filhos. Trabalhou para uma empresa de açúcar por muitos anos, antes de ir para um escritório agrícola do governo japonês até se aposentar. Chitetsu também esteve no exército em 1944, perto do fim da Segunda Guerra Mundial. Ele teve cinco filhos e trabalhou até os 104 anos. Até 2007, Watanabe era um jardineiro ativo e cultivava frutas, legumes e plantava bonsai. Já a mulher mais velha do mundo também vive no Japão e completou 117 anos em janeiro, segundo o Guinness. Trata-se de Kane Tanaka, que nasceu em 2 de janeiro de 1903. Ela foi certificada como a pessoa mais velha do mundo e a mulher mais velha do ano passado.

Comentários