Volume de serviços na Bahia registra alta de 1,4% em outubro, diz SEI

14/12/2023 07:00 •
Warning: Undefined variable $post in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17

Warning: Attempt to read property "ID" on null in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17
2m de leitura

Em outubro, o volume de serviços na Bahia, na comparação com setembro, expandiu 1,4%, segundo dados da Pesquisa Mensal de Serviços, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada com análise da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Nessa comparação, a Bahia não acompanhou o mesmo comportamento que a média nacional (-0,6%), e recuperou parte da perda de 2,7% acumulada em entre agosto e setembro. Entre os dez resultados apresentados no ano de 2023, essa é a sexta expansão registrada para esse tipo de comparação. Na comparação com outubro de 2022 o setor cresceu 5,9%. Quatro das cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para as atividades de Serviços de informação e comunicação (13,9%), que contabilizou a variação mais expressiva, seguida pela atividade de Serviços profissionais, administrativos e complementares (12,3%). Depois Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (3,0%), Serviços prestados às famílias (3,0%). Por outro lado, as atividades de Outros serviços (-12,8%) registram recuo. Nessa análise cabe destacar, que o resultado da Bahia é superior à média nacional (-0,4%). De acordo com a SEI, na comparação com o acumulado dos dez primeiros meses do ano de 2022, o setor expandiu 6,9%. Todas as cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para as atividades de Serviços de informação e comunicação (13,5%), que contabilizou a variação mais expressiva, seguida por Serviços prestados às famílias (8,7%), depois Serviços profissionais, administrativos e complementares (7,9%), Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (4,4%), e Outros serviços (2,4%). Nessa análise cabe também destacar, que o resultado da Bahia é superior à média nacional (3,1%). Já no acumulado dos últimos doze meses, em relação ao mesmo período do ano anterior, o setor ampliou 6,4%. Todas as cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para as atividades de Serviços de informação e comunicação (13,5%), que contabilizou a variação mais expressiva, seguida por Serviços prestados às famílias (8,7%), depois Serviços profissionais, administrativos e complementares (7,9%). Eles foram seguidos pelo setor de Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (4,4%), e Outros serviços (2,4%). Nessa análise cabe também destacar, que o resultado da Bahia é superior à média nacional (3,6%).

Leia também