Vereador é preso suspeito de tentar matar companheira e atear fogo no corpo dela na Bahia

13/12/2023 06:03 •
Warning: Undefined variable $post in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17

Warning: Attempt to read property "ID" on null in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17
2m de leitura

Um vereador foi preso suspeito de tentar matar a companheira e atear fogo no corpo dela, no município de Botuporã, no sudoeste da Bahia. A prisão aconteceu nesta terça-feira (12), durante a 11ª fase da “Operação Unum Corpus”, da Polícia Civil. Segundo a polícia, até o início da tarde desta terça, mais de 170 pessoas foram presas na ação, sendo 84 delas envolvidas com o tráfico de drogas, homicídios e crimes contra o patrimônio, em mais de 400 municípios baianos. A Polícia Civil não divulgou o nome do vereador preso. Disse apenas que o caso aconteceu no sábado (2). O estado de saúde da companheira dele não foi revelado. De acordo com a polícia, a operação, que também tem o objetivo de reforçar a segurança de baianos e turistas no interior do estado, principalmente nas cidades de maior movimentação nesta época do ano, ainda prendeu 18 suspeitos de estupro e sete por violência doméstica e familiar. A Polícia Civil informou que mais de 600 policiais civis também cumprem 210 mandados de busca e apreensão. Durante as ações, foram apreendidos 12 quilos de drogas, 23 armas de fogo e quatro veículos.

Leia também