Parque Tecnológico da Bahia é aprovado em edital Finep e capta mais de R$ 9 milhões

10/08/2022 09:06 •
Warning: Undefined variable $post in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17

Warning: Attempt to read property "ID" on null in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17
2m de leitura

O Parque Tecnológico da Bahia foi aprovado, nesta segunda-feira (8), no edital da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), captando pouco mais de R$ 9 milhões para investir no seu complexo de inovação. Outros R$ 2,3 milhões foram adquiridos através de contrapartida da da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). A proposta aprovada pela Finep contempla a criação de uma área integrada (Área Miríade) com espaços privativos para startups no Tecnocentro (edifício central e dinamizador do Parque), a estruturação de um espaço maker da Indústria Criativa (Estação Maker) com foco na produção de conteúdo e desenvolvimento de novos negócios nas áreas de podcast, música e games. Também compõe o projeto a construção de mais um prédio onde vai funcionar um Centro de Inovação e Tecnologias Estratégicas (Cite) e a contratação de equipe especializada para atuar na ampliação do atendimento do Parque Tecnológico aos ecossistemas do interior da Bahia. O Cite, a ser construído em um lote do complexo de inovação, vai conter, entre outros espaços de inovação, salas adequadas para incubação de startups do segmento de biotecnologia, umas das áreas prioritárias do Parque Tecnológico, e um laboratório multiusuário com infraestrutura completa, o LabParque Biotec, que possibilitará a locação de áreas e equipamentos para atender as demandas laboratoriais das Biotech’s, como exemplo de atividades voltadas para o estudo e desenvolvimento inicial de bioprodutos, ensaios biotecnológicos, formulações, análises e validação de bioinsumos.

Leia também