Lula e Bolsonaro empatam tecnicamente, aponta Paraná Pesquisas

13/09/2022 10:46 •
Warning: Undefined variable $post in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17

Warning: Attempt to read property "ID" on null in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17
2m de leitura

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta 3ª feira (13.set.2022), mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 39,6% das intenções de voto no 1º turno. Logo a seguir vem o presidente Jair Bolsonaro (PL), com 36,5%. Os candidatos estão tecnicamente empatados dentro da margem de erro (2,2 p.p.). Na última pesquisa do instituto, divulgada há uma semana, o petista e o chefe do Executivo já estavam empatados. O placar era de 40,2% a 36,4% para o ex-presidente. O levantamento ouviu 2.020 eleitores de 8 a 12 de setembro de 2022. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais em um intervalo de confiança de 95%. O registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-05388/2022. A pesquisa custou R$ 50.000,00 e foi paga com recursos próprios. Eis a íntegra do levantamento (648 KB). Na sequência de Lula e Bolsonaro estão:

Ciro Gomes (PDT) – 7,4% (no último levantamento, tinha 7,3% das intenções de voto); Simone Tebet (MDB) – 4,7% (tinha 4,1%); Felipe D’Ávila (Novo) – 0,5% (tinha 0,3%); Soraya Thronicke (União Brasil) – 0,4% (tinha 0,6%); Pablo Marçal (Pros) – 0,4% (tinha 0,5%); Vera Lúcia (PSTU) – 0,1% (tinha 0,3%); Sofia Manzano (PCB) – 0,1% (tinha 0,1%); Leonardo Péricles (UP) – 0,1% (tinha 0,1%); Eymael (DC) – 0%….

Brancos e nulos são 6%. Os que não sabem ou não responderam correspondem a 4%. Apesar de ter pontuado na pesquisa, a candidatura de Pablo Marçal foi indeferida pelo TSE. Ele perdeu uma batalha interna para oficializar o abrigo partidário à sua campanha. Com a decisão da Corte, declarou apoio a Bolsonaro.

2º TURNO

Em um eventual 2º turno entre Lula e Bolsonaro, o petista venceria com 47,4% contra 41,2% do atual presidente. Brancos, nulos ou nenhum somam 7,9%. Os que não sabem ou não responderam são 3,6%.

Leia também