Presidente de Portugal condena racismo contra filhos de Giovanna Ewbank

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, emitiu um pronunciamento oficial condenando o crime de racismo cometido por uma cidadã portuguesa, no último sábado (30), aos filhos dos atores Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso. O governando afirmou que as práticas de racismo e xenofobia são “condenáveis e intoleráveis”. “Não vale a pena negar que há, infelizmente, setores racistas e xenófobos entre nós, mas não se pode, nem deve, generalizar, pois o comportamento da sociedade portuguesa é, em regra, respeitador dos direitos fundamentais e da dignidade da pessoa humana”, diz o comunicado.”Somos todos descendentes de culturas, civilizações e origens muito diversas. Somos todos transmigrantes, todos temos familiares e amigos que vivem ou viveram fora do quadro geográfico físico de um país; tal como tantos que aqui encontram uma melhor vida. E todos somos Portugal”, ressaltou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.