MG investiga caso que pode ser a primeira morte por varíola dos macacos no país

As autoridades de saúde de Minas Gerais investigam um caso que pode ser o primeiro registro de morte em decorrência da varíola dos macacos no Brasil. A vítima morava em Uberlândia e trabalhava em Araguari. O óbito foi notificado pela Secretaria de Estado de Saúde no último sábado (11). Minas não tinha nenhuma suspeita da doença. São Paulo e Rio Grande do Sul, com dois e um caso, respectivamente, contabilizam os três únicos quadros confirmados no Brasil. Uma amostra coletada na pessoa que morreu foi enviada para uma análise na Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte. A Saúde de MG informou que todos os dados clínicos do paciente serão avaliados pelas equipes para classificação e encerramento do caso. Pessoas que tiveram contato com o paciente estão sendo monitoradas pelas secretarias de saúde de Araguari e Uberlândia. “Demais dados quanto ao caso não serão divulgados para preservar a privacidade e individualidade do paciente, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGDP)”, ressaltou a pasta estadual. As informações são de O Globo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.