Sem reajuste no valor do frete, caminhoneiros do porto de Salvador fazem paralisação

Caminhoneiros que prestam serviços ao porto de Salvador paralisaram as atividades na manhã desta terça-feira (17). Os trabalhadores reclamam do aumento do valor do combustível e da falta de reajuste no preço do frete. Eles pedem uma majoração de 15% no valor pago e planejaram um ato para às 18h, na terça. A relação custo-benefício, segundo a categoria, não é proveitosa, pois a maioria deles trabalham de forma autônoma e acabam desembolsando uma quantia cada vez maior para poder continuar operando. Ao Bahia Notícias, a Companhia de Docas do Estado da Bahia (Codeba), que faz a gestão dos terminais portuários de Salvador, Ilhéus e Aratu, afirmou que não tem qualquer ingerência sobre a situação, mas “acompanha de perto o movimento, na intenção de contribuir para o diálogo entre as partes diretamente envolvidas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.