Mulher é roubada dentro de banheiro no Tribunal Regional do Trabalho, em Salvador: “Achei que estava segura”

Uma mulher foi roubada no banheiro do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), no bairro do Comércio, em Salvador, na manhã desta quinta-feira (12). A vítima não conseguiu recuperar os pertences levados e, até o início da tarde, nenhum suspeito foi preso. “Eu estava dentro de um banheiro, de um local que eu achei que estava segura. Estava sozinha, se ele me atacasse e me assediasse, ele conseguiria”, desabafou a vítima, Greice Macedo. Ela contou que estava no órgão para participar de uma audiência e antes de a reunião ser iniciada, foi até o banheiro do sexto andar. “Fechei a porta e coloquei a minha bolsa do lado do vaso sanitário. Foi quando eu vi uma pessoa colocando a mão por debaixo [da porta] e puxando a bolsa”, contou. Greice abriu a porta do banheiro, gritou por ajuda e seguiu o homem. Segundo ela, um dos funcionários do TRT pediu que ela se acalmasse e a impediu de continuar atrás do suspeito. “Eu apontei para onde ele tinha ido. Se ele [funcionário] tivesse descido no mesmo momento que falei, ele teria pego”, reclamou. Momentos após o assalto, a bolsa da vítima foi localizada no sexto andar do prédio, sem a carteira. Ainda de acordo com a vítima, ao pedir acesso às imagens das câmeras de segurança do prédio, ela foi informada que os equipamentos estavam quebrados e que não havia filmagens. Em nota, o TRT confirmou o ocorrido e afirmou que os agentes da Polícia Judicial realizaram buscas no local, mas não conseguiram prender o suspeito. Ainda segundo o órgão, o homem não utilizou armas, pois o acesso ao prédio só é permitido após passagem por detectores de metais. A vítima foi encaminhada para o Serviço de Saúde do Tribunal e será conduzida a uma delegacia para registrar o furto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.