Artista plástico responsável por arte em Praça de Coité participará de exposição internacional em Portugal

Mosaico sobre o nome da cidade de autoria do artista plastico Alberty

O artista plástico Alberty de Oliveira, 24 anos, natural do município de Valente no território do sisal vem ganhando cada vez mais notoriedade pelo seu trabalho no ramo da arte. Já é bastante conhecido na região pelos belos trabalhos em desenhos realistas, pinturas em telas e paredes, e recentemente, esteve em destaque, com suas obras em mosaicos na recém inaugurada praça Porcina Rosa na cidade de Conceição do Coite, onde reside atualmente.

Alberty foi eleito pelo segundo ano consecutivo pela VP Publicidade como o melhor Artista Plástico da cidade de Conceição do Coité e Valente, ele que já participou de duas exposições internacionais no meio digital, em galerias on-line e a partir do dia 7 de maio estará participando da sua primeira exposição internacional presencial no Espaço Cripta / Mosaico do Museu de Arqueologia D. Diogo de Souza na cidade de Braga – Portugal.

Divulgação

O evento marca a comemoração do Ano Internacional do Vidro – Eleito pela ONU. A Heclectik-Art Glass com grande alegria, comunica que o Artista Visual Alberty Oliveira estará participando na 1ª Bienal Internacional Heclectik-Art Glass – Curadoria – Heloiza Azevedo. “Esperamos todos para prestigiar esse marco importante do Vidro nas artes, na sociedade e no planeta. Agradecemos o Governo Português por apoiar a nossa iniciativa e toda a coordenação do evento”, relata com satisfação o artista que representa não só a região como também a Bahia. Em entrevista ao Calila Notícias, Alberty de Oliveira disse que as expectativas para esta exposição são as melhores possíveis, que já tinha sido marcante para sua carreira as duas participações de forma virtual e que agora presencialmente será muito mais emocionante.

O Calila Notícias perguntou sobre sua relação pessoal com a arte é e ele informou que “é uma intimidade que vai além do simples convívio, ela se tornou parte essencial na minha vida. A cada novo processo criativo eu me entrego de corpo e alma para fazer sempre o melhor que eu puder. Cada detalhe para mim importa, cada traço, cada sombra e pontos de luz. E acredito que, o meu diferencial, é olhar para o obvio e enxergar o que passa despercebido aos olhos de todos, tornando a obra ainda mais bela e única”, afirmou. Perguntou-se também se ele tem algum trabalho com mais dedicação, mais capricho, e ele disse que “de todas as artes que faço, as que tenho maior carinho e orgulho de produzir, são os detalhados desenhos de idosos. Marcados pelo tempo, os idosos tem por todo corpo assinaturas de tudo que viveram, e existe muita beleza em cada detalhe. Ao produzir uma arte assim, é como se uma minúscula parte da vida deles estivesse passando aos meus olhos, e me sinto maravilhado com toda essa energia. Hoje percebo que não faço apenas arte, mas, sou parte dela, pois, cada obra leva consigo um pedaço de mim”, finalizou. Com informações de Calila Notícias*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.