Justiça condena casal a 17 anos de prisão por abusar sexualmente de filhas

O Tribunal do Júri do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) condenou o casal Analice Jesus Santos (17 anos de prisão) e Jacson Santos Pereira (17 anos e 3 meses) por abusar sexualmente das filhas e terem obrigado uma delas a praticar aborto. Os dois réus cumprirão a pena em regime fechado. Segundo a denúncia, em abril de 2019, o casal obrigou a adolescente que estava grávida a ingerir medicamento e chás abortivos, provocando o aborto do feto. Além disso, eles foram acusados de estuprar e filmar os abusos sexuais cometidos contra as próprias filhas, no bairro do Lobato, em Salvador. O decisão foi tomada na última segunda-feira (4). A tese de acusação foi sustentada no Júri pela promotora de Justiça Isabel Adelaide. A sentença foi assinada pela juiza Gelzi Maria de Almeida Souza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.