Jerônimo Rodrigues é oficializado como pré-candidato ao Governo da Bahia, e Lula prega ‘voto casado’

Com uma trajetória política ligada à universidade, aos movimentos sociais e à burocracia do governo, Jerônimo Rodrigues (PT), 56 anos, foi oficializado nesta quinta-feira (31) pelo PT como pré-candidato ao Governo da Bahia. A oficialização do nome de Jerônimo contou com a presença do ex-presidente Lula, do governador Rui Costa, do senador Jaques Wagner e da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann. O evento foi realizado no espaço Wet Salvador, nesta tarde. Lula iniciou seu discurso elogiando a capacidade de Jerônimo de reunir tantas pessoas para o evento. O ex-presidente afirmou também que ia evitar falar “mal dos outros” e convocou os eleitores ao chamado ‘voto casado’. “Essa eleição exige que vocês levem em conta que precisam votar em deputado federal e senador. Não adianta votar em presidente e em deputado e senador de outro lado”, disse Lula. O pré-candidato ao Governo da Bahia disse que a campanha do PT será coletiva. “Eu, Rui, Otto e Wagner temos a obrigação de enviar para vocês uma lista com os deputados. Por que não adianta votar em raposa para tomar conta do galinheiro”, disse. “Nós não vamos deixar acontecer na Bahia o que aconteceu no Brasil. A Bahia não pode recuar. Esse é o time do sonho, da esperança. Essa data é uma festa da esperança, do sonho e da utopia. Quero ser um portador da mobilização. Serei o governador da surpresa e da vitória e do sucesso”, disse Jerônimo. O evento também serviu para confirmar a pré-candidatura de outros dois nomes que integram a chapa para as eleições de outubro: Geraldo Júnior (MDB) como pré-candidato a vice-governador e Otto Alencar (PSD) como pré-candidato à reeleição para o Senado. “Nós teremos a chapa mais vitoriosa e arrasadora de todos os tempos na Bahia. “Queremos fazer com que as pessoas continuem tendo orgulho dessa terra. “, disse Geraldo Júnior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.