Após solicitação da Sesab, Anvisa suspende navios de cruzeiro na Bahia

Após solicitação da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acatou a suspensão temporária dos navios de cruzeiro nos portos de Salvador e Ilhéus, o que impede a operação e atracação. A informação foi divulgada pelo órgão no início da noite desta segunda-feira (3). De acordo com a secretária da Saúde da Bahia, Tereza Paim, a solicitação foi feita como medida de “precaução”, porque a secretaria acredita que o controle de infectados deve ser aperfeiçoado, apesar dos requisitos para ingresso nos cruzeiros, como a exigência do RT-PCR para os passageiros. A Sesab fez o pedido para a Anvisa após 46 pessoas, que desembarcariam em um navio no domingo (2), e nesta segunda, em Salvador, testarem positivo para Covid-19. Após a decisão, a embarcação seguiu para Santos (SP). “Entre os demais passageiros também existe um clima de apreensão, porque o que a gente vem observando aqui é que muitos vem apresentando tosse. Então existe também uma certa, um certo temor de contrair a doença”, disse um dos passageiros, que preferiu não revelar a identidade. A Bahia não tem registro de pessoas infectadas pela variante ômicron. Ainda de acordo com a Sesab, a situação de emergência por causa das chuvas intensas que atingem 166 municípios baianos, é uma prioridade para a gestão estadual. Na última sexta-feira (31), a Anvisa determinou a interrupção das atividades da embarcação Costa Diadema, que estava ancorada no porto de Salvador desde quinta (30). A turista pernambucana Suzeane Cruz e o marido dela receberam liberação especial para deixar o navio por causa da gravidez de “alto risco”. Depois, a embarcação foi liberada de volta à Santos ainda na sexta. A temporada de cruzeiros marítimos foi iniciada no dia 7 de dezembro, com a chegada do primeiro transatlântico no porto da capital. Essa foi a primeira embarcação do tipo a atracar na capital baiana, desde março de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.