Arrecadação federal cresce 1,4% e atinge R$ 157 bilhões em novembro, maior para o mês em sete anos

A arrecadação de impostos, contribuições e demais receitas federais atingiu R$ 157,340 bilhões em novembro, informou nesta terça-feira (21) a Secretaria da Receita Federal. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando a arrecadação foi de R$ 155,146 bilhões (valor já corrigido pela inflação), houve aumento real de 1,41%. De acordo com o órgão, o resultado é o maior para meses de novembro desde 2014, quando somou R$ 157,565 bilhões – valor corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Com isso, é o melhor resultado para novembro em sete anos. Segundo a Receita Federal, a arrecadação neste ano reflete a melhora na atividade econômica. Com mais vendas de produtos e serviços, o governo aumenta a receita com tributos. No acumulado dos 11 primeiros meses deste ano, ainda segundo dados oficiais, a arrecadação federal somou R$ 1,684 trilhão. Em valores corrigidos pela inflação, totalizou R$ 1,764 trilhão (novo recorde), o que representa alta real de 18,13% na comparação com o mesmo período do ano passado (R$ 1,493 trilhão). Os números da Receita Federal mostram que essa foi a maior arrecadação, para o período de janeiro a novembro de um ano, desde o início da série histórica, em 1995.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.