Bolsonaro sobrevoa região afetada pelas chuvas na Bahia neste domingo

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, vão sobrevoar, neste domingo (12/12), as áreas afetadas pelas fortes chuvas, no sul da Bahia. O sobrevoo está previsto para às 10h. O Ministério do Desenvolvimento Regional anunciou, neste sábado (11/12), que vai liberar R$ 5,8 milhões aos municípios atingidos pelas fortes chuvas no estado. As portarias serão publicadas na segunda-feira (13/12) no Diário Oficial da União. Em um vídeo publicado nas redes sociais de Bolsonaro, o ministro da Cidadania, João Roma, disse que está com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, a caminho da Bahia. O objetivo é averiguar a situação das cidades do sul do estado, que desde terça-feira (7/12) sofrem com temporais. Segundo ele, equipes da Defesa Civil e da assistência social estão no local. “Solicitamos também apoio do Exército Brasileiro para minimizar o sofrimento de tantos baianos que estão vivendo essa calamidade em decorrência das fortes chuvas”, disse o ministro do vídeo.

Ajuda humanitária

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou o pagamento, em até cinco dias, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores que residam nas áreas atingidas pelo desastre natural que assola a Bahia e Minas Gerais. O anúncio foi feito ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, na cerimônia de Declaração de Guardas-Marinha, no Rio de Janeiro. Os municípios de Itamaraju, Prado, Jucuruçu, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Itacaré e Canavieiras foram algumas das regiões atingidas pelos fortes temporais. Em Minas Gerais, as cidades afetadas ficam nos vales dos rios Jequitinhonha e Mucuri.(Metrópoles)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.