Acidente com caminhão de mercadorias no México deixa 53 mortos

Pelo menos 53 migrantes morreram e 59 ficaram feridos em acidente com um caminhão de mercadorias no sul do México, nessa quinta-feira (9).“Até agora 53 pessoas morreram e três ficaram gravemente feridas”, informou a Procuradoria-Geral da República do México em comunicado citado pela agência France-Presse, sem dar a nacionalidade das vítimas. De acordo com a Proteção Civil do estado de Chiapas, onde ocorreu o acidente, as vítimas são da vizinha Guatemala. O acidente aconteceu perto de Tuxtla Gutierrez, capital do estado sulista de Chiapas, que faz fronteira com a Guatemala. Os migrantes viajavam amontoados no reboque de um caminhão, de acordo com as informações iniciais dadas pela Proteção Civil. O veículo, que trafegaria com excesso de velocidade, capotou numa curva e bateu contra um muro, relataram testemunhas à Proteção Civil. O caminhão transportava “mais de 100 pessoas de várias nacionalidades”, disse a Comissão Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) na Cidade do México, em nota. “De acordo com testemunhos de sobreviventes, a maioria é da Guatemala”, afirmou o diretor regional da Proteção Civil, Luis Manuel Garcia. Bombeiros e ambulâncias foram enviados em massa para o local do acidente. Os feridos foram transportados para hospitais privados e públicos da região. O estado de Chiapas é porta de entrada para migrantes procedentes da América Central, principalmente de Honduras e El Salvador, na esperança de chegarem aos Estados Unidos. O transporte em caminhões é um dos métodos habituais utilizados pelos migrantes. Acidentes com veículos pesados de mercadorias que transportam pessoas são comuns no sul do México, onde ocorrem operações de tráfico de migrantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.