“Por mim não teria Carnaval”, afirma Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), disse durante o Entrevista Sociedade, na manhã desta quinta-feira (25), que por ele não teria Carnaval. De acordo com o chefe do Executivo, essa decisão não cabe a ele. “Por mim não teria carnaval. Só que tem um detalhe: quem decide não sou eu. Segundo o Supremo Tribunal Federal, quem decidem são os governadores e prefeitos. Então não quero aprofundar nessa que, poderia ser, uma nova polêmica”, disse. A declaração foi dada após a apresentadora Silvana Oliveira perguntar sobre a nova onda de Covid-19 e aumento do número de caso de infectados na Bahia e em outros estados do Brasil. Bolsonaro responsabilizou os governadores e prefeitos pelo surto da doença no ano passado, por muitos terem realizado a festa carnavalesca. “Em fevereiro no ano passado, ainda estavam engatinhando a questão da pandemia, né? Praticamente não tinha óbito no Brasil e eu decretei emergência, mas os governadores e prefeitos ignoraram, e fizeram carnaval no Brasil. As consequências vieram. Chegamos a 600 mil óbitos e alguns tentaram imputar a mim essa responsabilidade. Não tenho culpa disso”, declarou Bolsonaro. “Não estou me esquivando nem apontando outras pessoas. É uma realidade. Todo trabalho de combate a pandemia coube aos prefeitos e govenadores. A mim, coube enviar recursos para esses municípios. No total, para combater a pandemia, gastamos no ano passado R$ 700 bilhões. Foi dinheiro para o auxílio emergencial”, completou. (Sociedade Online).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *