Piseiro: Novo estilo musical e parcerias com artistas locais, é a nova aposta do cantor Nal Santana para lançar seu primeiro CD

O Piseiro, é uma variação do estilo musical Pisadinha, que por sua vez, é uma das várias vertentes do forró, e veio pra simplificar o gênero. Voz e teclado, são basicamente componentes que definem o novo ritmo musical, pois houve a retirada de camadas de som, geralmente instrumentos de sopro, deixando o estilo mais envolvente e popular, principalmente no nordeste onde o mesmo surgiu.

O precursor do gênero é o baiano Nelson Nascimento, que em 2002 começou criar um novo jeito de tocar forró no teclado, misturando xote, pagodão e o fandango; um ritmo tradicional no Rio Grande do Sul, com algumas variações pelo Brasil. Nos anos de 2004, “o rei da pisadinha” como é conhecido Nelson Nascimento, gravou seu primeiro CD e começou a tocar na sua região onde foi bem aceito. A banda Forrozão Brega e Vinho, ajudou muito tornar a Pisadinha conhecida, e emplacou vários sucessos. Em 2007 Nelson Nascimento compôs e gravou a música “Fazer Beber”, que fez muito sucesso, chamando a atenção do cantor Gustavo Lima, que gravou em 2012, tornando conhecida nacionalmente.

Foto Montagem: Voz do Campo

Grandes artistas como, Wesley Safadão, Zé Vaqueiro e Xand Avião, entraram na onda do Piseiro, incluindo o ritmo em seus repertórios, propagando mais ainda o estilo. Houve grande divulgação na internet, com o “influencer” digital Orlandinho, que gravou vídeos dançando Piseiro, o que fez com que vários famosos aderissem a moda; inclusive o jogador Neymar, que em 2019 apareceu no Instagram dançando a Pisadinha no estilo de Orlandinho. Talvez os Barões da Pisadinha tenha trazido para essa nova fase do estilo esse novo bum musical. Os Barões da Pisadinha é uma banda baiana que une forró eletrônico e tecnobrega formada por Rodrigo Barão e Felipe Barão em dezembro de 2015, nas cidades de Heliópolis e Ribeira do Amparo. O grande sucesso da banda é a música “Tá Rocheda”, o grupo ganhou notoriedade nacional quando o também jogador Neymar dançou a música e publicou em seu Instagram. A banda coleciona vários sucessos, como “Tá Rocheda”, “Basta Você Me Ligar” com Xand Avião (esta ganhou uma versão em inglês feita pela canadense Kim Sola), “Já Que Me Ensinou a Beber”, “Chupadinha”, “Galera do Interior” como Luan Estilizado, “Recairei”, entre outros.

Foto: Divulgação/Internet

Com toda essa repercussão, o cantor Nal Santana, resolveu aderir o novo ritmo musical. O artista que se apresentava no estilo voz e violão, aproveitou o tempo que ficou parado devido a pandemia para se reciclar; pesquisou bastante as novas tendência, e acabou vendo no Piserio a oportunidade de crescer no meio artístico. Nal é natural de Santaluz, cidade na Região Sisaleira, a 258 km da capital da Bahia, Salvador. O músico ingressou no meio artístico, nos anos 2000, tocando violão no coral da igreja de Várzea da Pedra, distrito onde ele mora, entre os limites das cidades de Santaluz e Araci. Em Tapuio, (distrito de Araci) onde ele passou sua infância, fez muitas amizades e hoje recebe um apoio essencial para seguir a carreira.

Nal Santana | Foto: Arquivo Pessoal

Entre os anos 2008 e 2012, ele desenvolveu trabalhos como locutor nas rádios comunitárias de Várzea da Pedra, Tapuio e Santaluz, o que trouxe engajamento no meio musical. Nal é um artista completo, além destes talentos, ele é compositor, e tem 4 músicas de sua autoria; destas, a mais famosa se chama Micilene, uma parceria com Laert Carvalho, e está em análise por uma banda de axé de Salvador para ser gravada por ela. Parcerias com artistas regionais, é uma das apostas para lançar seu primeiro CD.

No dia 27/11/2021 será lançado seu novo disco que foi gravado em um show no povoado de Lajes, município de Cansanção. O músico já tem vários shows agendados para este ano, nos municípios circunvizinhos, e em sua cidade.

Foto divulgação da Live Solidária

A live Nal Santana e amigo, reuniu músicos locais que se apresentaram em uma ação solidária no mês de maio deste ano. Nal participou no mês de agosto, da live em comemoração ao aniversário da cantora Geisa Carla, onde apresentou seu novo ritmo. O cantor disse sentir-se muito otimista nesta nova fase de sua carreira, e espera agradar seu público com esta nova roupagem.

*Idelvan Araújo para o Portal Voz do Campo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *