Jornada das Águas: Governo Federal anuncia mais de R$ 12 bilhões em investimentos públicos e patrocínios

Brasília (DF) – O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) percorreu Minas Gerais e os nove estados do Nordeste para levar a estrutura do Governo Federal para as regiões economicamente mais vulneráveis do Brasil. Durante a Jornada das Águas, encerrada em Alagoas na última sexta-feira (5), foram anunciados mais de R$ 12 bilhões em investimentos públicos e patrocínios privados, pelos próximos anos, em obras, projetos, estudos e ações de infraestrutura hídrica, irrigação, revitalização de bacias hidrográficas, saneamento básico e desenvolvimento regional. Esses recursos vão possibilitar o início, a retomada ou a realização de estudos e projetos de 17 obras hídricas, de irrigação e de saneamento na região do Semiárido, além de garantir a continuidade de empreendimentos em execução.

Também serão executadas ações de revitalização de bacias hidrográficas, proteção de nascentes, recomposição florestal de áreas degradadas, entre outras. “Iniciamos a Jornada das Águas porque entendemos que o maior e mais importante vetor de desenvolvimento de qualquer povo é a água. A água tratada, a água de qualidade, a água com regularidade, a água como fator de mudança econômica, social e ambiental”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “É por isso que o Governo Federal vem atuando para garantir que a água chegue às pessoas e, também, para que ela seja preservada e continue disponível para as próximas gerações”, completa.

Bahia

Na Bahia, o Governo Federal anunciou o lançamento do edital de concessão das etapas 3 a 9 do Perímetro Irrigado do Baixio do Irecê, na Bahia (foto à direita). Quando concluído, o projeto de irrigação será o maior da América Latina. O leilão deve ocorrer em fevereiro de 2022.

A previsão de investimentos é de R$ 1,1 bilhão, ao longo de 35 anos do contrato. Cerca de 250 mil pessoas serão beneficiadas e 180 mil empregos diretos serão gerados. O MDR também lançou a licitação para elaboração de estudos ambientais e projeto básico para a construção do Canal do Sertão Baiano. A obra vai beneficiar 1,2 milhão de pessoas em 44 cidades do interior da Bahia. O investimento do Governo Federal no projeto básico será de R$ 19 milhões, dos quais R$ 4 milhões serão repassados ainda neste ano. A infraestrutura hídrica como um todo está orçada em R$ 4,62 bilhões e servirá para garantir o abastecimento de água para consumo humano, industrial e de animais, além de permitir o desenvolvimento de cadeias produtivas como a da mineração e a agrícola, por meio do uso de técnicas de irrigação. Outro anúncio na Bahia foi o patrocínio de R$ 1,6 milhão da MRV Engenharia ao projeto Agroflorestando Bacias para Conservar Águas. A iniciativa prevê a recuperação de 16 hectares de área e vai beneficiar diretamente 60 famílias que vivem nas comunidades quilombolas Fazenda Grande e Boa Vista de Pixaim, em Muquém do São Francisco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *