Feira: Familiares de grávida que morreu após parto acusam Hospital da Mulher

Familiares de Ana Célia de Jesus Santana, de 44 anos, que veio a óbito no Hospital da Mulher em Feira de Santana protestaram nesta segunda-feira (25). O grupo acusa a unidade de saúde por negligência. Ana Célia estava grávida, teve o bebê por parto cesariano, mas não resistiu às complicações da cirurgia. O fato ocorreu no final da manhã desta segunda. Ao Acorda Cidade, Cristiane de Jesus Santana, irmã de Ana Célia, disse que a vítima tinha ido para a unidade de saúde na última sexta-feira (22) já sentindo muitas dores. Cristiane declarou que a irmã não teve a assistência adequada. Em nota, a secretaria municipal de saúde lamentou o ocorrido e disse que toda a equipe médica foi acionada para prestar o atendimento. Conforme a diretora médica do hospital, Andreia Alencar, a paciente tinha histórico de comorbidade [doença crônica] “e estava de alta hospitalar há oito dias e acompanhava o recém-nascido internado no Hospital da Mulher para tratamento clínico, quando inesperadamente apresentou um quadro de sangramento agudo e intenso”, diz trecho da nota, e que depois teria ocasionado o óbito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *