Mulher pede ajuda a ONG e descobre quase 100 cobras vivas embaixo de sua casa

O diretor de uma organização sem fins lucrativos de resgate de répteis de Sonoma, na Califórnia, teve uma surpresa no início deste mês ao receber a chamada de uma mulher na cidade de Santa Rosa para resgatar “algumas cascáveis”: encontrou, ao menos, 91 delas vivendo embaixo da casa. Na primeira visita, Al Wolf, diretor do Resgate de Répteis do Condado de Sonoma, encontrou 59 filhotes e 22 cobras adultas. Depois do “resgate família”, ele fez duas novas visitas ao local e encontrou mais 11 reptéis, ampliando o número de cascavéis para 92. Segundo Wolf, que trabalha com cobras há 32 anos, chamadas para retirada de cascavéis debaixo de casas acontecem com frequência, mas a quantidade se limita a quatro ou cinco. As casas em Santa Rita, na Califórnia, funcionam como esconderijo ideal para cascáveis porque ficam localizadas no topo de áreas rochosas com acesso ao ar livre. De acordo com a ONG, as cobras são da espécie cascavel do Pacífico, as únicas venenosas nativas do norte da Califórnia. Elas não são agressivas, a menos que sejam provocadas. Todas as cobras que Wolf recupera, incluindo as 91 que ele encontrou recentemente, são soltas na natureza. A maioria é levada para áreas despovoadas, mas algumas são soltas em fazendas para controle de pragas, a pedido do proprietário. Wolf planeja visitar a casa várias vezes nos próximos meses para ajudar a manter a população de cobras sob controle.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *