Mulher distribui café da manhã para pessoas em situação de rua em Salvador

Uma moradora do bairro de São Caetano, em Salvador, iniciou uma campanha solidária e faz café da manhã para pessoas em situação de rua. Hyll Lorraine é cadeirante e, junto com o marido, converte as doações que recebe para a ação. Hyll tem dificuldades de locomoção, causadas há nove anos por um problema neurológico. Com a pandemia, ela e o marido, Pedro, passaram por dificuldades financeiras e o sustento ficou comprometido. O casal então começou a receber doações de vizinhos e amigos. Feijão, arroz e outros produtos foram utilizados por Hyll. No entanto, o cuscuz, que ela não gosta, teve outro destino: preparar e doar para outras pessoas. “Quando chegou a época da pandemia, eu tive doações. Quando me doaram, eu usei o feijão e o arroz, mas não gosto muito de cuscuz. Lembrei que alguém gosta de cuscuz e saí para entregar. Sem café”, disse. Ela conta que percebeu sentimento de gratidão nas pessoas em situação de rua, e viu a necessidade de aumentar a oferta da refeição. Bem humorada, ela prepara o cuscuz com o dinheiro arrecadado somente por doações com lives produzidas pelas redes sociais. O casal também passou a doar café com leite. “Começamos a comprar uma garrafa, depois a ganhar garrafa. Aumentamos para 15, 20, 25, e hoje damos 80 garrafas de café”, comentou ela. As pessoas que recebem o “cuscuz solidário” dizem estar satisfeitos com a qualidade da refeição e pedem ajuda também para a benfeitora. “Todo dia que ela está em condições [ela traz o café com cuscuz]. É uma pessoa que precisa de ajuda, é uma pessoa que sempre está abraçando a gente aqui”, disse um dos felizardos, enquanto toma o café da manhã preparado por Hyll.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *