São Luís imuniza jovens sem comorbidades e já registra ”turismo da vacina”

A vacinação contra covid-19 para jovens sem comorbidades com menos de 30 anos já é uma realidade no Maranhão. A prefeitura de São Luís anunciou o cadastro para pessoas a partir de 25 anos para serem vacinadas na próxima semana. Além disso, o governo do Maranhão iniciou na sexta-feira a imunização de pessoas com 29 anos em quatro municípios: São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. O secretário municipal de Saúde de São Luís, Joel Júnior, disse que a intenção é aplicar a primeira dose em todos ludovicenses com mais 18 anos até o dia 10 de agosto. O município foi beneficiado com uma remessa extra de imunizantes no dia 24 de maio em decorrência do achado da cepa indiana na capital.

O movimento

O movimento está criando o chamado “turismo da vacina” no estado. Saulo Aires, de 35 anos, maranhense, mas que mora em São Paulo, disse que viajou até São Luís para se vacinar. Mônica Sant’Ana, de Vilhena, em Rondônia, fez o mesmo. Com 49 anos, ele recebeu a primeira dose na capital maranhense, mas não sabe se vai conseguir tomar a segunda em sua cidade. “O meu medo agora é não conseguir me vacinar lá, devido ao atraso.” Engenheiros, profissionais da saúde, educação, segurança, comunicação social, indústrias, construção civil, rodoviários, aeroviários e ferroviários já foram imunizados no Maranhão. Outras cidades do estado anunciaram vacinação para o público até mais novo, a partir de 18 anos, como Alcântara e Lago da Pedra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *