Carta encontrada em esconderijo de Lázaro: “Muitas pessoas merecem morrer”

Policiais que integram as forças de segurança empenhadas na captura do maníaco Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, encontraram uma carta abandonada no local onde o criminoso teria usado como esconderijo durante algum tempo, na região de Edilândia, em Goiás. No interior do local, as equipes notaram, sobre a mesa, uma folha de papel A4 com um texto escrito à mão. A carta, redigida em tinta de caneta esferográfica vermelha, discorre sobre quem tem o direito de morrer ou de viver. “Muitos que vivem merecem morrer, alguns que morrem merece (sic) viver”, diz o texto. O material foi apreendido e levado para perícia. Os policiais investigam se Lázaro escreveu ou apenas carregava o manuscrito, que replica algumas falas de um personagem da trilogia Senhor dos Anéis. Curiosamente, foram deixadas algumas frutas, colocadas dentro de cestos de palha, junto da carta. Havia também uma toalha rosa forrando a mesa. Até ser descoberto pela polícia, o casebre teria sido usado como ponto de apoio pelo criminoso. Na mesma área existe uma região de mata ciliar, o que teria facilitado a fuga do autor da chacina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *