3º maior diamante do mundo é descoberto em Botsuana, na África

O presidente de Botsuana, Mokgweetsi Masisi, e a empresa Debswana, que extrai pedras preciosas no país, anunciaram a descoberta do terceiro maior diamante do mundo, com 1.098 quilates. Ele mede 7,3 cm de comprimento, 5,2 cm de largura e 2,7 cm de espessura e ainda não ganhou um nome. A pedra foi encontrada em 1º de junho na mina Jwaneng e exibida à imprensa na capital Gaborone na quarta-feira (16). O maior diamante conhecido do mundo é o “Cullinan”, de mais de 3.100 quilates, que foi encontrado na África do Sul em 1905. O segundo maior, de 1.109 quilates, foi encontrado em 2015 na mina de Karowe, nordeste de Botsuana, que é maior produtor africano de diamantes. “É o maior diamante já encontrado pela Debswana em sua história de mais de 50 anos de operação”, afirmou Lynette Armstrong, diretora-gerente da Debswana Diamond Company, ao exibir a pedra ao presidente. A Debswana é uma empresa do governo de Botsuana e da De Beers, que pertence à mineradora Anglo American.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *