Copa América: ‘Já que não dá para fazer apelo ao presidente, vamos apelar à CBF, seleção, ao Tite e ao Neymar’, diz Renan Calheiros

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), disse ao blog da jornalista Ana Flor antes do início da sessão desta terça-feira (1º) que vai apelar à CBF, à seleção, ao técnico Tite e ao atacante Neymar para que a Copa América não seja realizada no Brasil. “Já que não dá para fazer apelo ao presidente da República, vamos apelar à CBF, seleção, ao Tite e ao Neymar”, afirmou Renan. Na segunda-feira (31), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou que o torneio seria realizado no Brasil. Os países que originalmente abrigariam a competição desistiram. No caso da Argentina, por causa da alta dos casos de Covid. A Colômbia, principalmente devido a uma crise política e intensas manifestações de rua. A mudança da Copa América para o Brasil teve o aval do presidente Jair Bolsonaro. Só que a decisão não foi bem recebida pela oposição e parte da opinião pública, que argumentaram que o Brasil vive um alerta de terceira onda da Covid. Bolsonaro também foi criticado por ter sido mais ágil ao responder à Conmebol do que foi na negociação de vacinas em 2020. Com toda a repercussão, ficou para esta terça-feira a definição se o Brasil vai mesmo sediar o torneio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *