Multidão acompanha cortejo e enterro de médico em Araci

Comovidos e abalados pela morte do médico Andrade Lopes Santana, de 32 anos, amigos, conhecidos e familiares participaram do cortejo que saiu da residência do psiquiatra e seguiu pelas ruas da cidade de Araci na manhã deste sábado (29/05). O corpo ficou durante um tempo em frente a Câmara Municipal de Vereadores de onde seguiu para o cemitério São João Batista, no trajeto uma parada para homenagem de seus colegas em frente ao Hospital Municipal.

No cemitério amigos e familiares fizeram suas últimas homenagens. Andrade estava desaparecido desde o dia 24 de maio, e foi encontrado amarrado a uma âncora no Rio Jacuípe em São Gonçalo dos Campos. Horas depois, o colega dele, identificado como Geraldo Freitas, foi preso. O homem foi o responsável por registrar o desparecimento do amigo na delegacia de Feira de Santana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *