Após petista criticar PDT, Félix diz que sigla só terá uma definição sobre 2022 na Bahia “mais para frente”

Após um político do PT, muito ligado ao governador Rui Costa (PT) e ao senador Jaques Wagner (PT), criticar nesta quinta-feira (22), em condição de anonimato, que “estão dando muito palanque ao PDT (relembre),o presidente da sigla na Bahia, o deputado federal Félix Mendonça Júnior disse em nota ao Voz do Campo que o partido ainda não tomou nenhuma decisão sobre as eleições de 2022. Segundo Félix Jr. será feito uma conversa com as principais lideranças políticas do estado, a exemplo do governador Rui Costa (PT), dos senadores Otto Alencar (PSD) e Jaques Wagner (PT), do vice-governador João Leão (PP) e do ex-prefeito de Salvador ACM Neto (DEM). “O momento é de conversar e ouvir, e não de decidir. Só vamos ter uma posição concreta mais adiante, a partir da avaliação do que for melhor para o PDT e para a Bahia. Podemos, inclusive, ter um candidato próprio ao governo, o que seria o ideal. Mas o momento é de trabalhar para ajudar o governo do estado e as prefeituras no combate à pandemia, e é o que o PDT tem feito”, salientou. Félix afirmou ainda que o PDT pretende lançar candidatos a deputado estadual e federal em todas as regiões da Bahia. “Queremos chegar fortes para 2022 para ampliar nosso número de deputados federais e estaduais, e vamos nos estruturar para isso. Nosso partido já tem a marca da defesa da educação, do trabalho, da democracia e da liberdade. Nesse momento em que o Brasil precisa de um pouco mais de tudo isso, acreditamos que teremos a atenção e apoio da população,” disse ao Voz do Campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *