Fiocruz reduz a previsão de entrega de 1,4 milhão de doses da vacina de Oxford

O novo calendário de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado nesta segunda-feira (5), traz mais uma redução no quantitativo de doses para o mês de abril. A previsão do Ministério da Saúde era receber 21,150 milhões de doses feitas no laboratório de Bio-Manguinhos com a matéria-prima vinda da China. Com a nova divulgação de produção, a Fiocruz prevê a entrega de, no máximo, 19,7 milhões de doses até o fim deste mês — cerca de 1,4 milhão de doses a menos. Na semana passada, a Fundação havia previsto entregar 3,2 milhões de doses até o próximo sábado (10). Na projeção de hoje, o número caiu para 2 milhões. A Fiocruz explicou que a previsão de entrega de doses é semanal e que não trabalha com expectativas mensais — ou seja, o número de doses a serem entregues pelo laboratório Bio-Manguinhos pode ser alterado para mais ou para menos, dependendo do ritmo de produção. E, portanto, segundo a instituição, essa redução de 1,4 milhão de doses não seria um atraso e sim uma variação no quantitativo de doses. Uma fonte da instituição afirmou à CNN que está mantida a previsão de entrega de no mínimo 20 milhões de doses por mês entre maio e julho. No cronograma divulgado pelo Ministério da Saúde, há previsão de que 2 milhões de doses prontas cheguem da Índia, produzidas pelo Instituto Serum. Mas, de acordo com apuração da CNN, ainda não há indicativo de que os entraves diplomáticos daquele país tenham sido superados para destravar o envio das doses para o Brasil, não sendo até o momento possível garantir teremos as doses chegando nos próximos dias.  

Cronograma da vacina de Oxford no Brasil

02/04 – 1,32 milhão (já entregue) 
5/04 – 10/04 – 2 milhões de doses
12/04 – 17/4 – 5 milhões
19/4  – 24/4 – 4,7 milhões 
26/4 –  01/05 – 6,7 milhões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *