Salvador retoma atividades não essenciais na segunda; reabertura será escalonada

Salvador vai retomar as atividades econômicas de forma escalonada e em fases com cores e flexibilização diferentes. A capital ficou mais de um mês de restrições. As atividades econômicas começarão a ser reabertas na segunda-feira (5), em que a cidade sairá da fase roxa (atual) e vai entrar na vermelha. A abertura não será plena. Cada atividade econômica vai abrir por cinco dias e vai ficar fechada dois dias. Os setores funcionarão, em média, 8h por dia. Estão autorizadas a funcionar de segunda a sexta-feira na fase vermelha: construção civil, clínicas de estética, indústria, funcionalismo público não essencial, escritórios administrativos e de advocacia e autoescolas. As fases seguintes são a amarela, que prevê abertura escalonada e toque de recolher às 23h; e a verde, em que será mantida a abertura escalonada, mas não haverá toque de recolher. A prefeitura justificou que a abertura escalonada tem como objetivo reduzir os riscos de contaminação no processo de reabertura das atividades, evitando aglomerações nos momentos de entrada e saída dos trabalhadores no transporte público. “Avaliamos critérios como empregabilidade de cada setor, impacto econômico do segmento, vulnerabilidade do segmento (quanto tempo ele ficou fechado durante a pandemia)”, explicou a titular da Semdec, Mila Paes, ao apresentar o plano de retomada e critérios que foram levados em conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *