Policiais começarão a ser vacinados contra Covid-19 na Bahia a partir desta quinta

As forças de segurança e salvamento da Bahia, que incluem policiais militares, civis, federais, bombeiros e guardas municipais, serão os próximos a entrar na fila da vacinação na Bahia. Aqueles com mais de 50 anos poderão tomar a primeira dose de um dos imunizantes disponíveis contra a Covid-19 a partir desta quinta-feira (30). A medida, anunciada há pouco pela Secretaria de Comunicação do estado, foi aprovada na manhã desta terça (30), em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa do Sistema Único de Saúde (SUS), que reúne os 417 municípios da Bahia. “A imunização contemplará todos que estão na ativa e iniciará de modo escalonado, com pessoas acima de 50 anos”, frisa o secretário de Saúde estadual, Fábio Vilas-Boas. Para o secretário de Segurança Pública, Ricardo Mandarino, “essa é uma decisão correta, pois durante a pandemia, cerca de 6.400 policiais e bombeiros da ativa foram afastados do trabalho por suspeita de infecção e 34 morreram”. As forças de segurança e salvamento estão previstas no Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, e são um dos grupos com mais risco de contágio.

REIVINDICAÇÃO DAS CATEGORIAS

Embora os policiais também estejam no grupo prioritário da vacinação, com as doses de vacina sendo distribuídas em pequenas remessas, eles ainda não tinham começado a ser imunizados. O anúncio, então, ocorreu após os protestos que se seguiram à morte do soldado Wesley Goés, no último domingo (28). O PM sofreu um surto no Farol da Barra, atirou contra colegas que estavam no local para tentar uma negociação e recebeu diversos tiros de volta, não resistindo aos ferimentos (saiba mais aqui e aqui). Em protesto pelo ocorrido (veja aqui), realizado na manhã de segunda (29), policiais militares reclamaram que a categoria não tinha sido contemplada com a vacinação, mesmo diante da alta exposição ao vírus por conta do trabalho nas ruas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *