Prefeitura de Tucano aprimora coleta de lixo e reage às queimadas irregulares na região

Desde o dia (01) de fevereiro, a coleta de lixo regular tem sido realizada em Tucano. Com a divulgação do cronograma, caminhões e caçambas têm circulado pela sede e pelos povoados recolhendo resíduos, proporcionando uma cidade mais limpa aos moradores. De acordo com o Secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, Belmiro Ferreira, alguns ajustes ainda estão sendo feitos para aprimorar a coleta de lixo. “A população nos ajuda a entender o que precisa melhorar. Nós estamos atentos, ouvindo e ajeitando os roteiros para oferecer um ótimo serviço a todos”, afirma o gestor. Atualmente, o município conta com um lixão central, para onde devem ser direcionados todos os detritos. Além disso, estratégias sustentáveis para tratamento do lixo recolhido também estão sendo elaboradas. “A prefeitura tem projetos para a construção de um aterro sanitário em Tucano, local onde serão feitas a separação correta e a triagem de todo lixo. Também vislumbramos a instalação de pontos de coleta seletiva pela cidade, no entanto, todas essas iniciativas ainda estão em estágio embrionário, o que não nos permite, efetivamente, definir prazos. Existem algumas questões orçamentárias que precisam ser resolvidas para que consigamos colocar os planejamentos em prática”, explica o Diretor Municipal de Meio Ambiente, Aguinaldo Bitencourt.

Descarte irregular

Ainda que o cronograma de coleta esteja sendo executado, a prefeitura tem recebido, as últimas semanas, denúncias sobre o descarte de lixo irregular em algumas regiões. “Esse é um problema antigo, uma herança de gestões passadas que não tomaram uma atitude. Sabemos que existem pontos em que as pessoas costumam jogar o lixo, a exemplo do terreno que fica trás da UPA de Caldas do Jorro. Nós já proibimos o descarte nesse local, como em muito outros. Vamos ampliar a fiscalização para coibir essa prática, contudo, a colaboração das pessoas para manter a cidade limpa é fundamental”, afirma o prefeito Ricardo Maia Filho. Segundo Ricardo, a limpeza do terreno mencionado será feita assim que o faxinaço nas ruas da cidade for concluído. O prefeito ressalta, ainda, que as queimadas de lixo também estão sendo coibidas e devem parar imediatamente, pois, além de danos à vegetação e aos animais, provocam sérios riscos à saúde da população – especialmente em tempos de pandemia. “Crianças, idosos e pessoas contaminadas pelo Coronavírus acabam desenvolvendo ou agravando problemas respiratórios por inalarem a fumaça tóxica liberada pelo lixo. Estamos investigando quem são os responsáveis por essas ações e tomaremos as medidas necessárias para que isso acabe”, enfatiza. (Secom-Tucano).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *