Polícia de SC e de Araci prende segundo suspeito de participar de latrocínio contra motorista que transportava frango em Araci

Uma operação denominada de “Bom Frango” conjunta entre a Polícia Civil da Bahia e do estado de Santa Catarina prenderam nesta quinta-feira (4) no Bairro Monte Cristo, zona continental da cidade de Florianópolis/SC o segundo suspeito de participar de um latrocínio na zona rural de Araci no dia 22 de dezembro de 2018. O primeiro suspeito foi preso no inicio de fevereiro na zona rural de Teofilândia (relembre). A operação foi coordenada pelo delegado Thiago Pessoa, titular da Delegacia Territorial de Araci e contou com o apoio operacional da Delegacia de Polícia da Capital – Continente, PC/SC. O suspeito que foi preso por volta das 19h30 será encaminhado para o sistema prisional daquele estado, onde ficará à disposição do juízo criminal de Araci.

Entenda o caso

A Polícia Civil de Araci/BA elucidou o crime de latrocínio ocorrido na zona rural do referido município na madrugada no dia 22 de dezembro de 2018. Durante as investigações, ficou constatado que houve a participação de 06 (seis) indivíduos, sendo dois adolescentes. Um dos investigados simulou a compra de frangos junto a empresa “BOM FRANGO” de Feira de Santana/BA, marcando um ponto de encontro em Araci/BA, para guiar o caminhão de entregas até determinado local na zona rural do município. Outro investigado se encontrou com os três prepostos da citada empresa e os guiou para a suposta propriedade onde seriam entregues os frangos. Durante o trajeto o investigado que estava guiando as vítimas, numa motocicleta, simulou que a mesma havia apresentado defeito, momento em que o motorista do caminhão parou o veículo e os dois entregadores desceram para ajudá-lo. Neste momento os outros quatro investigados saíram do matagal e anunciaram o assalto, onde durante a execução do crime efetuaram disparos de armas de fogo em desfavor do motorista do caminhão, que veio a óbito. As demais vítimas foram agredidas fisicamente pelos investigados. As investigações indicaram que o crime foi arquitetado por indivíduos residentes dos Povoados do Rufino e Retirada, ambos na zona rural de Araci/BA, os quais atraíram as vítimas para uma emboscada. Os investigados subtraíram a quantia de R$ 2.166,80 (dois mil cento e sessenta e seis reais, e oitenta centavos) em dinheiro, bem como um cheque no valor de R$ 2.645,80 (dois mil seiscentos e quarenta e cinco reais, e oitenta centavos), além de pertences pessoais das vítimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *