Acesso a praias de Salvador será proibido a partir de quarta-feira, anuncia prefeito

Em meio às ações para tentar conter a transmissão do coronavírus, a Prefeitura de Salvador voltará a proibir o acesso às praias. A restrição passará a valer a partir da próxima quarta-feira (24), com duração inicial de sete dias, conforme anunciado pelo prefeito Bruno Reis (DEM). O gestor apresenta uma coletiva de imprensa, na manhã desta segunda (22), para divulgar novas medidas adotadas pela prefeitura no combate à pandemia. “Esperamos conter o crescimento da onda nesses sete dias e vamos avaliando a necessidade de medidas mais restritivas ou, no futuro, flexibilizar algumas”, declarou o prefeito. Até então, as praias estavam liberadas ao longo da semana, com regras para evitar aglomerações que são constantemente desobedecidas. Além delas, clubes sociais também serão fechados a partir de quarta, o que desativa por completo a fase 3 de flexibilização de atividades. Mas há uma ponderação. “O decreto não atinge condomínios sociais. Isso ocorreu quando fechamos academias, mas não estamos fechando as áreas livres do prédios, o que não significa que amanhã ou depois não tomaremos medidas nesse sentido”, pontua o prefeito. Nesta terça (23), a gestão vai retirar a iluminação de todos os campos e quadras públicas do município, que serão fechados. Essas medidas são adotadas no momento em que a taxa de ocupação de leitos UTI Covid chega a 79% na capital baiana. A nível estadual, essa taxa chegou a 80%. Por conta disso, Salvador e outras 380 cidades baianas estão sob toque de recolher, das 20h às 5h, até o dia 28 de fevereiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *