Brasil fica pra trás na corrida pela vacina por ter ”um governo federal incapaz”, critica Rui

Enquanto diversos países do mundo, inclusive da América Latina, já começaram a vacinar suas populações contra a Covid-19, o Brasil não tem ainda garantias sobre quando irá começar sua campanha de vacinação nem com quais opções de imunizantes. Com isso, na avaliação do governador da Bahia, Rui Costa (PT), o país “está ficando pra trás”. “Nós temos um governo federal incapaz de sustentar o país e um governo federal que se sustenta na base da polêmica, da pregação da ignorância, da negação da ciência”, criticou durante um discurso no município de Catu, nesta quarta-feira (30). Na ocasião, o governador inaugurou uma Unidade de Saúde da Família (USF) e entregou a reforma do Estádio Antônio Pena e os sistemas de abastecimento de água nas localidades Sítio Novo e loteamento Maringá. Rui, que voltou a frisar que vai à Justiça para ter o direito de comprar vacinas, caso o governo federal retarde o processo de aquisição, pontuou que “se o governo federal atrapalhar menos”, o estado vai vacinar “parte da população no primeiro semestre”. Por “parte”, ele se referia aos profissionais da área da saúde, da segurança e pessoas no grupo de risco da Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *