Reino Unido identifica mais uma nova mutação do coronavírus

O Reino Unido informou, nesta quarta-feira (23), a detecção de mais uma nova variante do coronavírus. A confirmação foi feita pelo secretário de saúde britânico, Matt Hancock, que acredita que a nova cepa do vírus é ainda mais preocupante que a descoberta anteriormente. “Detectamos dois casos de outra nova variante do coronavírus aqui no Reino Unido”, disse. Segundo ele, ambos os casos são de pessoas infectadas que viajaram à África do Sul nas últimas semanas. “Esta nova variante é altamente preocupante porque é ainda mais transmissível e parece ter sofrido mais mutação do que a (primeira) nova variante descoberta no Reino Unido”, disse Hancock. Ainda segundo o secretário, qualquer pessoa que tenha estado na África do Sul ou em “contato estreito” com alguém que esteve naquele país nas últimas duas semanas tem que se colocar “imediatamente em quarentena”. O governo anunciou restrições a todos os voos que chegam da África do Sul, medida que o próprio Reino Unido vem enfrentando de outros países após ter identificado uma primeira variante do coronavírus, com uma capacidade de transmissão 70% maior .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *