40 mil funcionários terão curso antirracismo no Extra, Ponto Frio e Casas Bahia

No Dia da Consciência Negra, a maior rede de lojas de eletrodomésticos do Brasil assinou um manifesto antirracista para tratar do assunto com a seriedade que ele merece e anunciou que vai dar um curso antirracismo para treinar e capacitar os 40 mil funcionários e colaboradores que atendem clientes em todo o país. A informação foi dada ao SóNotíciaBoa pela direção da Via Varejo, conglomerado que une Casa Bahia, Ponto Frio e Extra. O garoto propaganda da ação é o gerente Bruno Mendes, que você viu esta semana aqui no SNB. Ele foi vítima de injúria racial por parte de dois idosos no último fim de semana, no Ponto Frio do GV Shopping, em Governador Valadares, Minas Gerais e os funcionários fizeram uma linda homenagem em apoio ao chefe. “Existe o “querer fazer” e o “decidir fazer” e nossa empresa dá mais um belo exemplo em “decidir fazer”, disse Bruno Mendes ao SóNotíciaBoa. No vídeo que dá início à campanha, postado no Instagram, Bruno comemora que todos na empresa serão os novos antirracistas brasileiros: “Respeito é um princípio que não abrimos mão, é um valor inegociável. O Ponto Frio já treina todos os seus funcionários, e agora daremos um passo além com um curso sobre Antirracismo […] Todos os 40 mil funcionários da @viavarejo serão novos antirracistas!”, disse Bruno na legenda do vídeo.

O curso

A via varejo informou que o curso antirracismo está sendo contratado e desenhado pelo time de diversidade e será dado aos colaboradores até março do ano que vem. “Essa pauta já faz parte do nosso dia a dia […] Aqui, respeito e diversidade são levados à sério. É o que nos move e nos ajuda a ver um mundo melhor à frente”, afirmou Roberto Fulcherberguer, CEO na Via Varejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *