Após Rui dar indiretas em quem apoiar candidato de ACM Neto; Félix Jr. diz não crê em indireta no ultimato dado pelo Governador

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), mandou recado nesta quarta-feira (2) para os partidos que pretendem permanecer na base aliada a nível estadual, mas querem apoiar a candidatura de Bruno Reis (DEM), indicado do prefeito ACM Neto (DEM), seu adversário político, para a prefeitura de Salvador. Questionado sobre se essas siglas perderiam espaços no governo – comando de secretarias, autarquias e demais cargos na administração -, o petista não foi direto, mas deixou sua mensagem. “Eu diria que as pessoas têm que escolher o projeto que querem seguir. Cada um é livre pra fazer opção. Eu não pressiono ninguém, cada um faz suas escolhas. Eu farei as minhas. Cada um é livre pra fazer sua escolha, como eu também sou livre pra fazer as minhas escolhas e escolher meus assessores”, afirmou o governador.

Presidente do PDT na Bahia, o deputado federal Félix Mendonça Jr. não entendeu como indireta as críticas feitas pelo governador Rui Costa (PT), na última quarta-feira (2), a partidos do arco de aliança petista que negociam apoio à pré-candidatura de Bruno Reis (DEM) à prefeitura de Salvador. “Não creio que tenha sido indireta ao PDT. As conversas comigo e o governador sempre foram feitas de forma direta e cordial. Não precisa de telefone sem fio como falam, né? E nem de carta enviada pela imprensa”, analisou, em entrevista ao Bahia Notícias. Se foi indireta ou não, o que se especula nos bastidores é que o PDT entra como favorito indicar a vice de Bruno Reis. Neste caso, seria a ex-assessora e ex-secretária de Promoção Social da prefeitura, Ana Paula Matos. Isto faria parte de uma parte da aliança firmada a nível nacional entre o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o prefeito da capital baiana, ACM Neto, chefe do DEM nacionalmente. Este apoio visa uma composição entre os dois partidos para 2022, no projeto para alçar Ciro Gomes (PDT) à presidência da República. De acordo com Félix, ainda não há novidades sobre o tema. Na próxima semana, está uma prevista entre ele e Lupi para avançar sobre as discussões sobre a corrida eleitoral em Salvador e a manutenção do PDT na base de Rui Costa. “Marcamos de conversar com Lupi na próxima semana. Mas, por enquanto, fica tudo igual a ultima vinda dele aqui”, disse Félix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *