Itália e Espanha reduzem número de infectados e de vítimas fatais do coronavírus

As medidas de isolamento social impostas pelos governos da Itália e da Espanha no combate ao novo coronavírus têm surtido efeito após dias de números preocupantes. Na Itália, o número de pacientes em unidades de terapia intensiva (UTIs) caiu pela primeira vez em semanas. Além disso, houve uma redução de 25% no índice de vítimas fatais no último sábado (4) em comparação com o dia anterior. Na Espanha, o número de mortos em decorrência do Covid-19 registrou queda pelo segundo dia consecutivo e há uma expectativa de redução considerável nesta semana. Essa tendência de queda nos números está se tornando realidade graças à adoção de medidas mais rígidas de isolamento no mês passado. “São boas notícias, mas não devemos baixar a guarda”, disse o chefe da Defesa Civil italiana, Angelo Borrelli. Já Silvio Brusaferro, presidente do Conselho Superior de Saúde (CSS), foi enfático: “Os números de hoje são bons, mas o perigo não passou, não escapamos ainda”. De acordo com a autoridade de saúde, a redução do número de vítimas e de novos infectados indica que a “curva começou sua queda“, finalmente. Leia mais no Razões para Acreditar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *